segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Experiência Radical, estudos no Sermão do Monte / Radical Experience / La experiencia radical - estudios en el Sermón de la Montaña

O Sermão do Monte não é um conjunto de regras morais para uma sociedade corrompida. Aliás, Jesus nunca esteve preocupado em corrigir os problemas morais da sociedade ou estabelecer preceitos legalistas. Ao contrário, o Sermão do Monte é um antídoto contra o moralismo e o legalismo.
Isso tem a ver com uma preocupação ética, que começa com a questão da nossa identidade. Jesus chamou pessoas para viverem uma vida nova e cheia de realização pessoal. O problema é que o critério de suscesso e de realização pessoal desenvolvido pela humanidade é completamente oposto ao que Jesus veio ensinar.
A um mundo que se acostumou às mensagens de sucesso e autoconhecimento e que anseia pela felicidade, o Sermão do Monte tem duas coisas a dizer:
a) O reino de Deus não está aberto aos valores e marcas de sucesso que o mundo tem concebido.
b) Deus chama a toda pessoa para que abra mão de seus valores e marcas de qualidade para que experimentem o que Ele tem de melhor: menos é mais para Deus.
A grande questão que está no ar é: como experimentar o melhor da vida? Todos nós estamos preocupados em aproveitar bem as oportunidades e desfrutar o melhor que se tem para uma vida feliz, para a realização pessoal, para se alcançar o sucesso. Um dos modos como as pessoas têm para levar a efeito esse ideal são os esportes radicais. Eles são grandes representações da aventura de experimentar o melhor da vida, em termos de liberdade, superação e espírito de aventura. Afinal, viver é isso: uma grande aventura que envolve muitos riscos. Jesus Cristo, quando convidou seus discípulos para a grande aventura de uma caminhada com ele, pensou da mesma forma. Por isso que, em um de seus primeiros ensinos, apresentou as idéias que estão contidas no sermão do monte.
Quando Jesus convidou seus discípulos para segui-lo, ele não queria que isso se transformasse numa experiência corriqueira, comum. Ao contrário, ele queria que os seus seguidores tivessem uma experiência radical e trouxessem isso para o seu cotidiano.
Ele começa falando da alegria de poder tomar parte de um novo projeto de vida. As bem-aventuranças não tratam de tipos diferentes de pessoas, mas é uma abordagem sobre a condição para a nova vida, que dependem de nossas escolhas. São as marcas de qualidade das pessoa que vivem no Reino de Deus.
A palavra bem-aventurado em grego é makarioi, que tem a ver com o sentido de realização pessoal, um sentimento que vem de dentro de cada um de nós. Não é somente ser bem-sucedido ou chegar ao topo, mas é ser feliz apesar das circunstâncias. É uma tradução da palavra hebraica ashrei, que é um chamado para seguir adiante, para marchar, até alcançar o alvo para o qual somos chamados.
O sentido de felicidade, portanto, não tem nada a ver com um sentimento de felicidade, mas com a dinâmica da vida na caminhada em direção ao alcance dos propósitos divinos para a nossa vida. As bem-aventuranças descrevem a alegria que há no íntimo daquele que assume uma caminhada com Deus.
Ao longo do Sermão do Monte, Jesus estabelece uma série de orientações a fim de conduzir a que cada um descobrisse quem é. Ele começa dizendo: você é sal e luz do mundo. Jesus também queria que seus discípulos colocassem ordem em sua vida a partir de um novo modo de entender a lei. Jesus queria conduzi-los a uma experiência mais profunda com Deus, a fim de que eles alcançassem lugares mais altos. Jesus queria que eles tivessem a certeza que, mesmo nas horas mais adversas, diante dos mais sérios riscos, eles não estariam sozinhos. Mas para isso, Jesus queria que eles fizessem uma escolha, ainda que lhes parecesse um caminho estreito: a escolha de construir a vida a partir de Jesus como a rocha.

2 comentários:

  1. O Sermão do Monte sempre foi alvo de discussões e estudos. Pessoalmente eu acredito que o Sermão do Monte foi uma maneira que Jesus encontrou de transmitir a todos uma "prévia" do Reino de Deus e os benefícios de uma vida com Cristo. Com o Sermão Jesus conseguiu criar esperança para um povo que passava por uma situação difícil. E vale lembrar que esse texto, ainda nos dias de hoje, serve para nos acalmar e animar em momentos de tribulação. Ele nos faz lembrar que ainda que vivamos nesse mundo, tem algo muito maior e melhor esperando por nós na eternidade.

    ResponderExcluir
  2. Pr. Ironio! hehehe! Adorei o texto. Preciso ler mais uma vez o Sermão do Monte. Como o amigo Lucas Saldanha comentou, o sermão do monte está mais atual do que nunca. Grande abraço, pai!

    Visita meu blog e me dá uma ajudinha lá!

    ResponderExcluir

Assista:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails