segunda-feira, 1 de junho de 2015

Enfrente as pressões do dia a dia / Face the pressures of everyday life / Enfréntate a las presiones de la vida cotidiana

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.” Filipenses 4.6 
Como você enfrenta os conflitos e as pressões do dia a dia? Todos nós estamos sujeitos a ter o que chamamos de dia mau, que é aquele em que tudo parece que conspira contra nós. Independente disso, durante um mesmo dia podemos enfrentar várias situações que nos tiram do sério.
Alguns chegam a dizer que têm que “enfrentar um leão por dia”, outros afirmam que parece que para a vida deles só tem “vento contrário”, nunca a favor. Isso leva a que as pessoas desenvolvam diferentes atitudes ao lidar com as circunstâncias adversas.
Veja algumas atitudes comuns diante de situações de pressão ou estresse:
a) Síndrome de Gabriela – é aquela pessoa que enfrenta todas as situações com o mesmo temperamento e ainda diz: “eu nasci assim, eu cresci assim e vou ser sempre assim”.
b) O leão da montanha – é aquela pessoa que leva a vida de forma despreocupada e, quando vêm as cobranças, encontra um jeito de fugir do problema dizendo: “saída pela esquerda!”
c) A hiena pessimista – é aquela pessoa que vê dificuldade em tudo, reclama de tudo e ainda diz: “ó céus, ó vida, ó azar, isso não vai dar certo!”
d) O homem de vidro – é aquela pessoa frágil que se quebra por qualquer motivo.
Não podemos evitar que a crise aconteça, mas podemos tirar melhor proveito dela. John Kennedy, em 1959, no auge da crise da guerra fria, lembrou o significado da palavra crise no dicionário chinês que tanto pode servir para descrever um risco ou perigo quanto para descrever uma oportunidade. Como afirmou M. Scott Peck: “A maioria das pessoas não enxerga plenamente esta verdade – a de que viver é difícil. Ao invés disso se lamentam incessantemente.”
A capacidade de enfrentar pressões chama-se resiliência. Trata-se de uma palavra tirada do campo da física que tem sido empregada por psicólogos e educadores. A resiliência consiste no equilíbrio entre a pressão sofrida e a capacidade de lutar. Além disso, é o fator que resulta em aprendizagem. Pessoas resilientes são capazes de tirar proveito das pressões do dia a dia.
Então, como se tornar uma pessoa resiliente? Veja algumas atitudes:
a) Esteja consciente de sua capacidade e de suas reais possibilidades.
b) Analise as circunstâncias que envolvem o problema.
c) Focalize a sua atenção na solução do problema.
d) Saiba adaptar-se às mudanças e situações ambíguas.
e) Pense estrategicamente e tome decisões acertadas mesmo sob pressão.
f) Adote condutas flexíveis na solução de problemas.

g) Desenvolva o hábito de colocar suas questões primeiramente diante de Deus, em oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assista:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails