sábado, 12 de julho de 2014

Vida transformada / Transformed life / Vida transformada

Na noite em que entreguei a minha vida a Jesus e tomei a decisão de segui-lo, o pregador falou que o modo como eu vivia não correspondia ao ideal de Deus para mim. Embora Deus me amasse profundamente, Ele não tinha nenhum prazer em que eu continuasse do mesmo jeito. À época, eu era um adolescente de quase 17 anos. Naquela noite, tive uma experiência de encontro sem igual que desencadeou em mim o desejo de passar por um processo de mudança que tem durado toda a minha vida.
Quando a gente fala de uma vida transformada, não se está falando de uma vida pronta, acabada, mas algo que acontece de forma gradativa. Este é o sentido da mudança que ocorre a partir do encontro transformador com a pessoa de Jesus, que faz gerar uma nova vida que precisa se desenvolver e ter continuidade. É o que na fé cristã se chama de conversão, cuja ideia implica duas situações: um encontro vivo e transformador e uma vida que se segue. Por essa razão, a vida cristã não consiste em um conjunto de práticas religiosas, mas de um caminho a seguir.
A palavra usada em grego pelo Novo Testamento para descrever esse processo é metanoia, que, ao pé da letra, quer dizer “mudança de mente” ou, simplesmente, mudar de ideia. Ninguém muda da noite para o dia. Isso decorre de uma experiência contínua e intencional a partir de um momento de decisão pessoal.
Nesse aspecto, todos podemos mudar. Só quem não muda são as múmias que permanecem fossilizadas em seus sarcófagos por milênios. Em todos os aspectos, nós podemos experimentar mudanças, e mudanças para melhor. Até mesmo as áreas relacionadas ao gênio, ao caráter e às nossas vontades podem ser mudadas. Duas grandes realidades que envolvem a mudança: o fato de que nós não nascemos desse jeito e o fato de que estamos sempre inconformados com a nossa condição. Queremos sempre mais e queremos sempre melhorar.
A maior transformação que podemos experimentar é nos tornarmos aquilo para o qual fomos criados. E nós fomos criados para vivermos de acordo com os propósitos de Deus. O desafio é grande, mas compensador. Não importa qual tenha sido nossa experiência de vida até aqui, ela pode ser transformada. No relato dos heróis da fé do livro de Hebreus (no capítulo 11), encontramos uma lista de homens e mulheres com várias formações e histórias de vida, pessoas que passaram por várias situações, incluindo perdas e rejeições. Entre muitas coisas que são ditas ali sobre esses heróis da fé está a afirmação de que eles “[...] da fraqueza tiraram força [...]”, Hebreus 11.34.
Pessoas que têm a sua vida transformada são tremendamente necessárias. Você pode passar por várias transformações durante a sua vida: pela idade, pela formação, pelos relacionamentos, pelas conquistas e até pela perda e a dor. Mas nada se compara com a transformação que você pode experimentar pela fé em Jesus Cristo. E isso será tão intenso na medida em que você intencionalmente aplique seus esforços em dar passos decisivos na direção daquilo que Deus gostaria que você se tornasse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assista:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails