quarta-feira, 4 de maio de 2016

Relacionamento com pessoas tóxicas / Relationship with toxic people / La relación con personas tóxicas

O engano está no coração dos que maquinam o mal, mas a alegria está entre os que promovem a paz.” Provérbios 12.20
Quem não tem ou já teve em sua vida alguém que só causa constrangimentos? Há pessoas que desenvolvem a habilidade de arruinar o relacionamento com quem mais amam e de contaminar o ambiente em que vivem. Você sabe como lidar com isso? E quando a pessoa que complica as coisas é você mesmo?
Todo mundo pode ter uma mudança de humor, passar por altos e baixos, enfrentar situações estressantes e críticas. Porém, há pessoas que desenvolvem um comportamento tal que afetam os relacionamentos.
A expressão “pessoas tóxicas” é usada para se referir a quem faz uso de suas variações de humor para manipular e para intimidar o outro nos relacionamentos. Tais pessoas são capazes de acabar com o sossego e a saúde de qualquer um.
No seu livro Gente tóxica, o psicólogo argentino Bernardo Stamateas diz que são pessoas que potencializam nossas fraquezas, que nos sobrecarregam e que nos enchem de frustrações. Muitos psicólogos, conselheiros pessoais e livros de autoajuda orientam a que pessoas tóxicas sejam evitadas. E talvez essa seja a melhor atitude antes de iniciar um relacionamento mais duradouro ou até uma amizade mais próxima. A Bíblia também recomenda assim: Não se associe com quem vive de mau humor, nem ande em companhia de quem facilmente se ira; do contrário você acabará imitando essa conduta e cairá em armadilha mortal” (Provérbios 22.24,25).
É um grande desafio ter um relacionamento com pessoas assim, primeiramente porque você vai precisar se proteger, mas também porque pessoas assim necessitam de amor e cuidado emocional. A pergunta básica que deve ser feita primeiramente é: você precisa de pessoas assim em sua vida?
Pensando nisso é que surge a pergunta que se faz neste momento: o que a Bíblia nos orienta fazer quando nos deparamos com pessoas tóxicas em nossos relacionamentos mais próximos?
Primeiramente, como identificar pessoas tóxicas? Pessoas que têm uma personalidade tóxica são aquelas que se vitimizam, que são interesseiras, manipuladoras, pessimistas ou narcisistas. Podem ser psicopatas, neuróticas, agressivas e autodepreciativas. Normalmente podem desenvolver atitudes arrogantes, gananciosas, egoístas, fofoqueiras, negativistas, dissimuladas, melindrosas e até invejosas. Pessoas assim tendem a nos culpabilizar pelos problemas e tentam controlar a nossa vida. Na verdade, o comportamento tóxico se volta contra a própria pessoa, para chamar a atenção sobre si ou para alcançar um determinado fim. Em função disso, pessoas tóxicas desenvolvem mais facilmente sentimentos de ódio, mágoa e rancor, podem alimentar desejos de vingança e ainda enfrentam o medo da solidão e do desprezo. Pessoas assim precisam ser ouvidas, amadas e cuidadas também.
O que fazer, então? Veja algumas sugestões de atitudes:
a) Considere que você é capaz de agir melhor. Pessoas tóxicas tendem a influenciar a conduta do outro ao ponto de atingir sua autoestima. Não permita que alguém assuma o controle da sua vida ou venha aniquilar os seus sonhos.
b) Não leve as intimidações e manipulações de pessoas tóxicas para o lado pessoal. O problema não é com você, mas com elas mesmas. Muitos problemas relacionais que enfrentamos resultam de falsas expectativas que alimentamos em relação ao outro. Não tenha idealizações, não espere nada de ninguém.
c) Pratique a compaixão. Muitas pessoas agem de forma complicada por enfrentarem situações difíceis, estressantes ou até mesmo de saúde. Pessoas tóxicas podem estar passando por angústia, depressão e situações de tensão. É preciso saber identificar o problema que elas estão passando e também diferenciar isso da maneira como estão agindo. Não é porque elas têm problemas que poderão se aproveitar da situação para alcançar outros fins.
d) Mantenha um tempo para você mesmo a fim de renovar o seu ânimo. Quando as pessoas tóxicas fazem parte dos relacionamentos mais próximos, é difícil se afastar delas totalmente. É preciso ter o cuidado para que o comportamento tóxico não o afete. Não permita que tais pessoas invadam a sua intimidade pessoal ao ponto de interferir em sua conduta e caráter.
e) Aprenda a negociar, mas não abra mão dos seus direitos. Dizer “sim” e “não” na medida certa é a melhor maneira de estabelecer limites nos relacionamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assista:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails