terça-feira, 14 de agosto de 2012

Missão Integral: Sinalizando o Reino entre nós / Integral Mission: Signaling the Kingdom / Misión Integral: Señalización del Reino

A relação entre missão e igreja é essencial. Caso essa relação não seja afirmada e fortalecida, a igreja corre o risco de não ser mais relevante. É preciso resgatar a ideia de que a  igreja não tem como propósito ser grande, rica ou politicamente influente, mas encarnar os valores do Reino de Deus no mundo. Foi isso que Jesus veio fazer: tornar o Reino de Deus presente entre os homens. Seus sinais são visíveis em meio aos nossos sofrimentos, trazendo salvação, graça e livramento de toda forma de opressão e injustiça.
Michael Green afirmou que essa é a natureza da igreja: “A igreja ou é missionária ou não é igreja.” O desafio é criar modelos de missão centrados num estilo de vida que aponte para Jesus como o Senhor da vida, que nos propõe o fim das barreiras que promovem a desigualdade, a opressão e a injustiça entre os homens. Esse desafio inclui encarar o discipulado e a evangelização não mais vomo meios para salvar a alma da perdição eterna tão somente, mas como um projeto de restauração da vida humana em sua totalidade.
A Bíblia entende o ser humano como alguém que se relaciona em comunidade, em meio a uma cultura, com todas as implicações de poder que isso envolve. O ser humano não é um ser isolado. Por isso que o propósito de Deus é restaurar a integridade da vida humana e isso se dá no contexto da igreja e através da igreja. Jesus Cristo veio quebrar as barreiras que impedem a realização de uma nova humanidade que se fundamenta no princípio da solidariedade e se torna visível no ambiente da igreja.
Falar do propósito de Deus nesse sentido é falar do Reino de Deus. É nesse sentido que falamos de missão. A missão da igreja é missão de Deus em resgatar toda a criação pra si. Isso tem a ver com a luta contra todas as formas de maldade e injustiça, com espressões concretas de compaixão, com o cuidado com a natureza e com a adoção de um estilo de vida mais simples.
Missão é assumir esse propósito historicamente, aqui e agora, sinalizando de forma concreta a presença do Reino entre nós. Fomos acostumados com uma teologia que apresenta o Reino de Deus como uma realidade futura no final da história. Entretanto, a Bíblia deixa claro que o Reino de Deus é uma realidade presente, por meio de Jesus Cristo que toma forma no mundo através da vida daqueles que acolheram o seu chamado, que se reunem numa nova comunidade, a igreja.
A missão da igreja é missão histórica como antecipação do fim. É disso que a Bíblia fala quando diz: “Quando, porém, tudo lhe estiver sujeito, então o próprio Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, a fim de que Deus seja tudo em todos.” 1 Coríntios 15.28. A grande questão que se levanta é: como poderemos viver a missão enquanto não abrirmos mãos de um estilo de vida orientado por valores que não são do Reino? Isso demanda uma transformação radical das relações que temos desenvolvido como corpo de Cristo no mundo, na maneira como temos vivido a oração de Jesus pela unidade dos seus discípulos. Esse deve ser o nosso grande projeto de igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assista:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails